quinta-feira, maio 05, 2016

Algumas palavras sobre "Mr. Arkadin" e a mostra Mr. Faker



Eu não recomendaria "Grilhões do Passado" (Mr. Arkadin, 1955) para qualquer um ou para quem nunca assistiu algo do Orson Welles. O motivo? O filme é uma bagunça. Deliciosa, na opinião deste que vos escreve, mas que não deixa de ser uma bagunça.

O espectador de "Mr. Arkadin" deve estar disposto a abraçar as falhas e inconsistências da trama, assim como as de sua (visivelmente) problemática produção e pós-produção. O anárquico senso de humor presente ao longo de todo o longa é uma das coisas que me farão revê-lo em menos tempo que imagino.

Filme assistido na mostra Mr. Faker do SESC que agora está no Recife em exibição no SESC Casa Amarela. Peço para que os amigos locais prestigiem o evento com sua presença e divulgação já que não é todo dia que uma mostra desse nível e com acesso gratuito chega por aqui. O espectador ainda leva para casa um catálogo da mostra produzido com o apreço e esmero de sempre por parte do Cine SESC. A programação completa pode ser conferida logo abaixo.