quinta-feira, outubro 20, 2016

DVD: BREAKER MORANT (1980)


A filmografia da Austrália, assim como a do nosso país e de tantos outros, é muito pouco assistida e explorada aqui no Brasil em comparação com a dos EUA e até mesmo com a da França (essa última - em particular - mais por conta do Festival Varilux). Por isso que a chegada de uma importante obra como "Breaker Morant" no nosso mercado de home video deve ser celebrada. O longa recebeu um elogioso tratamento pela distribuidora Obras-Primas do Cinema.


Com direção e roteiro de Bruce Beresford, "Breaker Morant" é ambientado no final da 2a. Guerra dos Bôers na África do Sul. Foi um conflito entre o império britânico e as repúblicas independentes de Transvaal e Orange. Os britânicos tentaram anexar as duas repúblicas devido às suas riquezas naturais e os bôers (que descendiam de holandeses e franceses huguenotes) se opuseram a isso gerando um novo confronto armado.

O filme tem o seu foco no julgamento de Harry Morant (Edward Woodward), Peter Handcock (Bryan Brown) e George Wittonn (Lewis Fitz-Gerald), três tenentes australianos que serviram o Império Britânico neste conflito que são acusados de assassinar prisioneiros Bôers e um civil não-armado. O advogado de defesa dos soldados e major J. F. Thomas (um excelente Jack Thompson) alega que esses crimes foram cometidos no cumprimento de ordens superiores mas terminará se dando conta de que está diante de um tribunal militar nada imparcial onde todas as cartas já foram marcadas. Flashbacks constantes entrarão ao longo da narrativa para fazer o espectador acompanhar todos os fatos que levaram os três soldados a esse julgamento.

George Witton (Fitz-Gerald), Peter Handcock (Brown), Harry 'Breaker' Morant (Woodward) e o advogado de defesa, Major J.F. Thomas (Thompson)


Handcock, no extremo esquerdo; Morant, o terceiro a partir da esquerda; Hunt, o terceiro a partir da direita.

Apesar do sucesso que ele atingiu em obras posteriores como "A Força do Carinho", "Crimes do Coração" e "Conduzindo Miss Daisy", "Breaker Morant" continua sendo o trabalho mais importante da carreira de Bruce Beresford. Trata-se de um daqueles grandes filmes de guerra que sabem como colocar o espectador e suas convicções em cheque. A obra mostra que a guerra pode fazer com que qualquer pessoa perca a cabeça e cometa atrocidades, pouco importando que ela seja alguém tida como culta e letrada como Morant, que também era um poeta. Edward Woodward (bem mais lembrado pelos fãs de horror por seu trabalho como protagonista em "O Homem de Palha") está brilhante, assim como o já citado Thompson, e o filme é repleto de ótimos desempenhos, inclusive de atores em papéis minúsculos.

Além da direção e atuações notáveis, a fotografia, design de produção, direção de arte e figurinos nos enchem os olhos mesmo quando o filme se volta para o fechado e pesado ambiente do tribunal. A produção também foi inteiramente filmada na Austrália mas todas as locações externas foram muito bem escolhidas e trabalhadas, passando mesmo a impressão de que a história está acontecendo na África do Sul. 

O filme toma uma grande liberdade criativa com relação aos fatos reais em sua conclusão. Mas por que se comprometer tanto com a realidade quando se pode correr o risco de realizar uma das cenas mais belas e memoráveis da história do cinema australiano? Óbvio que Beresford e equipe não imaginavam isso mas... eles conseguiram e esse momento deverá ficar na memória do espectador que assistir a "Breaker Morant" por um longo tempo. 


O DVD lançado pela Obras-Primas do Cinema apresenta "Breaker Morant" em uma cópia com grandiosa qualidade de som e imagem e menus simples e estáticos apresentando imagens bem escolhidas do filme. Extras: Trailer original de cinema e 1 hora de entrevistas com o diretor Bruce Beresford, o diretor de fotografia Donald McAlpine, os atores Bryan Brown e Edward Woodward e o historiador Stephen Miller, que comenta sobre a Guerra dos Bôers.

Screenshots:
 

 

Assim como diversos outros títulos da Obras-Primas, "Breaker Morant" pode ser adquirido neste mês de outubro pelo preço de apenas R$9,90 na promoção que está acontecendo no site Colecione Clássicos até o dia 31/10.

Nenhum comentário: