segunda-feira, março 14, 2016

Celebrando os 83 anos de Sir Michael Caine

Michael Caine é um grande ator cuja extensa filmografia é repleta de altos e baixos. Mas isso também ocorre com todas as carreiras de atores da indústria que atingiram a longevidade como ele e continuaram queridos pelo público. Ele nunca escondeu que jamais deixaria de atuar, mesmo que isso signifique emprestar seu talento para títulos um tanto duvidosos como "Tubarão 4" , "Em Terreno Selvagem" ou num blockbuster sem graça como os que ele tem feito mais recentemente. O que importa, de verdade, é que Caine siga vivendo com saúde e nos agraciando com sua presença em qualquer filme que seja.

E quem diria? Aqui estou eu de volta ao Vá e Veja (sabe-se lá quando voltarei aqui outra vez...) recomendando 4 de seus muitos filmes para os meus quatro leitores.  :)


"Ipcress - Arquivo Confidencial" (The Ipcress File, 1965)

O nascimento cinematográfico do espião Harry Palmer e o filme que fez Michael Caine tornar-se um astro da noite para o dia. É o meu longa favorito de Sidney J. Furie. 


"Mercenários Sem Glória" (Play Dirty, 1969)

Cínico e brutal filme de guerra no estilo 'men on a mission' com roteiro sem concessões e direção do húngaro André de Toth, que [apesar de caolho] realizou "Museu de Cera", a melhor de todas as experiências que eu tive com 3D numa sala de cinema. Caine contracena com Nigel Davenport e um elenco de apoio repleto de outros excelentes atores britânicos. Essa jóia foi lançada em DVD no ano passado pela Versátil Home Vídeo no digistack "A Segunda Guerra no Cinema".

Também conhecido pelo seu outro título nacional: "Inferno no Deserto".


"Carter - O Vingador" (Get Carter, 1971)

Elogiar esse grande filme de Mike Hodges é chover no molhado. Caine nunca fez um personagem tão impiedoso como Jack Carter em toda a sua carreira. Trata-se de uma obra antológica cuja influência e importância continua a se fazer presente até os dias de hoje. Apenas assista. Se já assistiu, reveja. 


"Minhas Idéias Assassinas" (A Shock to the System, 1990)

Divertidíssima comédia de humor negro dirigida por Jan Egleson ambientada no mundo corporativo. O filme é protagonizado por um Michael Caine em estado de graça na pele de Graham Marshall, um executivo que leva a sério demais a idéia de eliminar a concorrência depois que perde uma promoção para um colega mais jovem (Peter Riegert). 

Aliado ao inspirado e carismático desempenho de Caine, Egleson deixa o espectador estarrecido com as atitudes e a elevada perturbação mental do personagem mas também faz com que ele simpatize e - pasmem - torça pro cara se safar de tudo!! Elizabeth McGovern e Swoosie Kurtz, ambas excelentes, interpretam as personagens femininas mais importantes do longa. As pessoas tendem a comparar esse filme com "Psicopata Americano" mas penso que o seu resultado final é muito, mas muito inferior em comparação ao dessa pérola que não merecia ter caído no esquecimento.

2 comentários:

J. Luca disse...

Que lista boa para coroar essa grata surpresa de ter uma postagem nova por aqui. Confesso que dessa lista só conhecia Get Carter. Caine retomou o personagem Harry Palmer nuns telefilmes dos anos 90, vc já assistiu algum deles?

Abraços e força pra movimentar o blog!

Ailton Monteiro disse...

Vá e Veja is back!! :)