domingo, julho 07, 2013

Divulgação: AssombraCine - 1º Encontro de Cinema de Horror de Pernambuco



Por que tantas pessoas se dispõem a ficar quietas, dentro de uma sala escura, à mercê de criaturas medonhas como monstros que bebem sangue, espectros fantasmagóricos ou mortos fugidos de suas tumbas? Esse estranho comportamento – que desde o século passado garante o sucesso de bilheteria de incontáveis filmes de horror – será discutido no próximo dia 9 de julho, no AssombraCine. O debate é uma promoção do site O Recife Assombrado (orecifeassombrado.com) e está marcado para as 18h30, no auditório da Livraria Cultura do Paço Alfandega, no bairro do Recife. A entrada é franca.

Os debatedores serão os cineastas Juliano Dornelles e Daniel Bandeira, o crítico Fernando Vasconcelos (do site Kinemail), o cinéfilo Osvaldo Neto (pesquisador de cinema independente e editor do blog "Vá e Veja") e ainda Rodrigo Carreiro, coordenador do curso de Cinema da UFPE. A mediação dessa conversa será feita por André Balaio, um dos editores do Recife Assombrado. Os especialistas vão tentar responder a várias outras questões intrigantes, como quais são as novas tendências do gênero neste século e qual a influência do horror na atual produção cinematográfica pernambucana. O público vai poder participar fazendo perguntas aos debatedores. A equipe do projeto “Toca o Terror” também estará presente para falar do tema que mobiliza tantos fãs na Internet.

Serviço:
AssombraCine - 1º Encontro de Cinema de Horror de Pernambuco
Quando: Terça-feira, 9 de julho – às 18h30
Onde: Auditório da Livraria Cultura do Paço Alfandega

Nenhum comentário: