sexta-feira, junho 07, 2013

Um impressionante faroeste de Monte Hellman é o destaque do Cineclube Dissenso deste sábado, 08/06

 

Depois da parceria do Cineclube Dissenso com a Mostra Cinema Português Contemporâneo, retomamos nossas atividades regulares, com a exibição de uma peça emblemática da história do cinema independente norte-americano dos anos 1960, "Cavalgada no Vento" (EUA, 1965), do diretor Monte Hellman. A sessão acontecerá amanhã (sábado, 8), a partir das 14h, na Sala João Cardoso Ayres (Fundação Joaquim Nabuco, Derby). A entrada é gratuita.

O longa, também conhecido por aqui como "A Vingança de um Pistoleiro", é notório por ser um dos primeiros trabalhos de destaque do diretor Monte Hellman (Cockfighter, Corrida Sem Fim), que se uniu a um então jovem e desconhecido ator chamado Jack Nicholson para a produção de dois faroestes de baixo orçamento filmados simultaneamente em Utah, Arizona. O outro filme seria o delirante "Disparo para Matar" (EUA, 1966), com roteiro de Carole Eastman e elenco encabeçado por Warren Oates. "Cavalgada..." é estrelado por Nicholson - que também assina o roteiro - e um excelente Cameron Mitchell, ambos interpretando dois caubóis errantes que são perseguidos impiedosamente por um crime que eles não cometeram.

Segue abaixo um texto sobre o longa escrito pela minha pessoa para o especial Monte Hellman do blog O DIA DA FÚRIA: http://diadafuria.wordpress.com/2012/03/23/cavalgada-no-vento-ride-in-the-whirlwind-1965-monte-hellman/

Nenhum comentário: