quinta-feira, maio 12, 2011

81 anos de Jess Franco


The Sadistic Baron Von Klaus (1962)

The Blood of Fu Manchu (1968)

Succubus (1968)

Venus in Furs (aka Paroxismus, 1969)

The Bloody Judge (1970)

Eugenie... the Story of Her Journey Into Perversion (1970)

Count Dracula (1970)

Vampyros Lesbos (1971)

She Killed in Ecstasy (1971)

Female Vampire (aka Erotic Kill, 1973)

2 comentários:

Cayman Moreyra disse...

Um cineasta que realmente conseguiu agradar e ser odiado ao mesmo tempo por gregos e troianos. A trajetória de Franco foi similar à de Ed Wood em pelo menos um ponto: Ele sempre amou o cinema e, ao contrário do outro, conseguiu grandes realizações mesmo. Filmes como The Sadistic Baron Von Klaus (1962), Count Dracula (1970), She Killed in Ecstasy (1971), Venus in Furs (aka Paroxismus, 1969) e Eugenie... the Story of Her Journey Into Perversion (1970) confirmam isso.

Adriano Miranda-Franca-SP disse...

Jesús Franco pode não ser o maior cineasta do Mundo, mas é o meu preferido! Como não se deixar seduzir pelo universo desse cineasta transgressor, onde sexo, horror e jazz se unificam em imagens oníricas, experimentações radicais e muita crítica social ( afinal, Jesús é o mais perigoso dos cineastas, segundo o Vaticano )!
Meus 10 + filmes desse gênio:
1 )Gritos en la Noche ( 1962 )
2 )Miss Muerte ( 1966 )
3 )Marquis de Sade's Justine (1968)
4 )Vampyros Lesbos (1969 )
5 )She Killed in Ecstasy ( 1970 )
6 )Eugenie -the Story of Her Journey Into Perversion ( 1970 )
7 )El diablo que vino de Akasawa ( 1971 )
8 ) Une Vierge chez les Morts Vivants ( 1971 )
9 ) La Fille de Dracula ( 1972 )
10) Les Demons ( 1972 )

( Adriano Miranda-Franca-SP )