quarta-feira, março 31, 2010

Jeff Burr / Duane Whitaker Double Feature

Se eu estivesse com as passagens de avião, voaria agora mesmo com as roupas do corpo e os trocados que estão no bolso só para estar lá e ir embora no fim da noite. Será um evento muito especial para todas aquelas pessoas, tenho certeza.

Wednesday, March 31 – 7:30 PM CRIMINALLY UNKNOWN JEFF BURR & DUANE WHITAKER

EDDIE PRESLEY, 1992, Eddie Productions, 106 min. Dir. Jeff Burr. Living in a van off Hollywood Boulevard, tortured Elvis impersonator Eddie Presley gets another shot at stardom when the owner of a dumpy club offers him a gig. The only question is whether Eddie can overcome his own demons and achieve his showbiz dream. Based on the play by star Duane Whitaker, it’s a modest masterpiece of heartfelt independent cinema, shot on a shoestring. With Chuck Williams, Roscoe Lee Browne and Lawrence Tierney, with cameos by Quentin Tarantino and Bruce Campbell!


TOGETHER & ALONE, 1998, 50th Street Films, 84 min. Dir. Duane Whitaker. Joe Unger gives the performance of a lifetime in this portrait of Los Angeles at night. Echoes of Robert Altman, but it’s far from the world of THE PLAYER. These are struggling artists are a lot further down the Hollywood food chain. Actor-writer Duane Whitaker (PULP FICTION) makes his directorial debut with this low-budget ensemble gem. Also starring Casey Siemaszko, Tim Thomerson and Mariah O’Brien. Following Eddie Presley: a behind the scenes tribute to the late great Lawrence Tierney, “Tierney’s Tyranny”, 1992, 11 min. Discussion in between films with Jeff Burr, Duane Whitaker, Joe Unger, Daniel Roebuck, Joe Estevez, Chuck Williams, John Bishop and Clu Gulager.


Date:
Wednesday, March 31, 2010
Time:
7:30pm - 11:00pm
Location:
Egyptian Theatre
Street:
6712 Hollywood Blvd
City/Town:
Los Angeles, CA

terça-feira, março 30, 2010

Inscrições abertas para o 5º CineFantasy


Estão abertas as inscrições para a quinta edição do Cinefantasy – Festival Curta Fantástico. O evento acontece anualmente na capital paulista e traz em sua programação mostras competitivas internacionais para curtas e longas-metragens, além de mostra paralela onde são exibidas retrospectivas, sessões temáticas, tributos, premières, encontros entre fãs, bate-papos com convidados brasileiros e estrangeiros, palestras, workshops e oficinas. As inscrições podem ser feitas no site www.cinefantasy.com.br.

Com cinco edições, O Cinefantasy já conquistou seu espaço como um dos eventos mais importantes do calendário do universo fantástico da América Latina, abrigando fãs e produtores do gênero, além de possuir reconhecimento internacional.

As inscrições para as mostras competitivas e o Desafio Mestre dos Gritos vão até dia 11 de junho de 2010.

Para maiores informações, ficha de inscrição e regulamento acesse o site www.cinefantasy.com.br

PS: O belo cartaz é de autoria do comparsa Leopoldo Tauffenbach

Tony Montana Jr.



sábado, março 27, 2010

A primeira vez

Folha de Pernambuco, 26/03

Não consegui postar ontem porque na mesma manhã, perdi a minha tia Suely, que lutava contra um câncer. Dedico essa conquista a ela.

PS: 'Einsenberg' foi culpa minha, mas 'Zoombieland' não.

quarta-feira, março 24, 2010

Adeus, Robert Culp

1930 - 2010

Culp e Eli Wallach em A COLD NIGHT'S DEATH, precursor de O ENIGMA DE OUTRO MUNDO e parte da era de ouro dos 'made for TV' americanos (ABC Movie of the Week), de onde surgiram pérolas como O DEMÔNIO DA NOITE, O TRIÂNGULO DO DIABO - comentado recentemente pelo Carlos Primati - e, talvez o mais conhecido de todos, CRIATURAS DA NOITE (Don't be Afraid of the Dark, outra vítima desta praga conhecida como refilmagem desnecessária). Foi nesse tempo também onde diretores do calibre de Curtis Harrington - clique aqui para aprender mais sobre ele - e Dan Curtis (Drácula, Trilogia do Terror) fizeram alguns de seus melhores filmes. A produção está no YouTube em 7 partes para o prazer dos fãs do gênero.

sábado, março 20, 2010

Lance Henriksen vs. Gato Malvado

Durante as filmagens do novo filme de THE WITCHES OF OZ, Lance achou que seria legal fazer essa cena com o gato da locação, uma fazenda. Mas ele não teve a menor sorte com o bichano.

Numa prova do monstro que sempre foi, Lance não sai do personagem e termina a cena, mesmo atacado e arranhado.




THE WITCHES OF OZ faz parte da recente febre de produções em 3D e se encontra em pós-produção. A produção escrita e dirigida por Leigh Scott é uma releitura de 'O Mágico de Oz', onde uma adulta Dorothy (interpretada por Paulie Rojas) hoje é uma escritora infantil de sucesso que recebe a visita nada acolhedora da Bruxa Malvada do Oeste em plena Times Square. No elenco, além de Henriksen, gente como Christopher Lloyd, Mia Sara, Jeffrey Combs, Jason Mewes, Billy Boyd e Eliza Swenson, 'scream queen' de filmes da The Asylum também dirigidos por Scott.

quarta-feira, março 17, 2010

Algumas novidades no mundo dos filmes B

Saíram os trailers de DINOCROC VS. SUPERGATOR, MARA e MUCKMAN. Os dois primeiros já são conhecidos dos visitantes do Vá e Veja, inclusive pelas primeiras imagens do filme de Jim Wynorski apresentadas em primeira mão. ;)





Essa é a capa do novo DVD de EVIL TOONS, pérola do Fred Olen Ray. O filme completa 20 anos de idade com o lançamento da edição especial pela Retromedia ainda neste primeiro semestre.


Foram divulgadas as primeiras imagens de AIRLINE DISASTER, filme do estilo 'sequestro em avião' da The Asylum com lançamento previsto em junho deste ano. Clique na imagem abaixo para conferir a página da produção.

Sinto falta desses filmes que praticamente foram esquecidos do cinema B e blockbuster depois do 11 de setembro. Empolgado que eu sou, declarei no blog da produtora que era fã da franquia TURBULÊNCIA (sério, consegui o DVD do 3 semana passada!) e perguntei se tinha outro fã por lá, além de mim.

A resposta foi um silêncio sepucral.


sábado, março 13, 2010

sexta-feira, março 12, 2010

Adeus, Glauco


Glauco Villas-Boas

COMUNICADO: Fantaspoa 2010

Comunicado oficial enviado por João Pedro Fleck e Nicolas Tonsho, organizadores do VI Fantaspoa – Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre.

3 diferentes assuntos

Daqui a quatro meses estará ocorrendo o VI Fantaspoa – Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre. Em virtude disso, estamos enviando o seguinte e-mail para tratar de três assuntos: (1) a submissão de curtas-metragens para seleção; (2) a programação do festival de 2010; e (3) a continuidade do festival após o ano de 2010.

1. Inscrições abertas para curtas-metragens:

O Fantaspoa está com inscrições abertas para a mostra competitiva de curtas-metragens. As inscrições vão até o dia 15 de abril. Podem ser submetidos filmes realizados após 2006 e dos gêneros fantasia, ficção-científica, horror e suspense. Para maiores informações, entre em contato pelo e-mail fantaspoa@fantaspoa.com.

2. A programação do festival de 2010:

Aqueles que acompanham o evento se surpreenderão com a programação que iremos apresentar em 2010. A Competição Internacional contará com uma série de títulos de grande importância que vem marcando presença em alguns dos mais importantes festivais de cinema do mundo (de gênero fantástico ou não). Uma maior diversidade de gêneros estará presente, assim como de países. As mostras paralelas serão bem variadas e o que podemos adiantar é a presença do renomado diretor italiano Luigi Cozzi. Entre os dias 06 e 09 de julho, ele fará uma série de palestras. Cozzi dirigiu mais de 15 longas-metragens (dentre eles, Starcrash, Alien Contamination e Paganini Horror) e trabalhou com atores como David Hasselhoff, Caroline Munro, Lou Ferrigno, Klaus Kinski e Donald Pleasence. Também escreveu roteiros de filmes realizados por colegas talentosos, como Dario Argento, Lamberto Bava e Joe D’Amato. Dentre uma série de outras mostras, o VI Fantaspoa exibirá uma mostra retrospectiva do trabalho de Luigi, contendo 12 de suas obras.
E o ponto principal:

3. A continuidade do festival após o ano de 2010:

Inicialmente queremos esclarecer que sabemos que algumas pessoas não apreciam o nosso festival, seja pelos filmes que exibimos, ou pelo fato de exibirmos a maioria dos filmes em DVD e em Blu-Ray. Somente queríamos deixá-los a par do fato que recentemente fizemos um levantamento de custos para podermos trazer filmes em 35 mm esse ano. Como nenhum dos filmes que exibimos possui cópias no Brasil, a média de frete (ida e volta) da Europa e EUA, é de aproximadamente R$ 10.000,00 POR filme. Além disso, existe a cobrança de taxas para exibição de uma série de filmes. Por exemplo, poderíamos exibir um dos filmes vencedores do festival de Cannes esse ano e, além do valor do frete, teríamos que pagar uma fee (taxa de exibição) de R$ 2.500,00.

Já lemos em diversos sites e blogs reclamações sobre a nossa programação e que deveríamos trazer uma série de filmes, dentre os quais podemos citar somente alguns: Martyrs, The Children, Frontier(s), Dead Snow, ZMD e Must Love Death. O que as pessoas não sabem é que nós TENTAMOS trazer cada um desses filmes e todos se enquadram no caso acima. Ou seja, além de uma fee exorbitante, a obrigatoriedade da exibição em película.

Para aqueles que conhecem mais de perto o nosso evento sabem que realizamos o mesmo com auto-investimento e que o nosso orçamento total gira em torno de R$ 25.000,00 e que, portanto, pagar fees de R$ 2.500,00 ou trazer filmes em outras mídias se tornam inviável. Além disso, as salas que utilizamos não possuem projetores de HDCam nem Digibeta. Além do valor que investimos a fundo perdido, temos todo o trabalho de produzir o festival, selecionar e legendar cada um dos filmes. Nós não temos nenhum apoiador/patrocinador, público ou privado que cubra os gastos do festival e os mesmos se tornaram altos demais para continuarmos com o projeto.

Estamos tentando aprimorar o nosso evento, apesar da dificuldade de receber qualquer apoio e patrocínio realmente significativo. Pelo segundo ano estamos inscritos na Lei Rouanet e apesar de contatarmos uma série de empresas, não estamos conseguindo nenhum tipo de apoio.
Se por acaso você conhece alguma empresa que possa nos apoiar, peço que nos passem o contato do responsável, para que possamos enviar o nosso projeto para eles. Um evento independente, que em uma cidade como Porto Alegre, nas salas do centro, leva 6.000 espectadores ao cinema ao longo de somente dezoito dias não deveria simplesmente deixar de existir. E infelizmente isso acontecerá caso a situação não mude em 2010.

Nós realmente precisamos de apoio urgente para que o festival não seja cancelado, e o apoio necessário é financeiro. Você pode ajudar publicando essa mensagem em seu site, blog ou enviando para os amigos.

quarta-feira, março 10, 2010

Chuck e Eu

Homenagem aos 70 anos de Chuck Norris,
texto escrito para a revista O Grito!


O texto carece de uma revisão e algumas correções (inclusive adicionarem o link do blog...), mas como até agora isso não foi feito estou divulgando mesmo assim.


Ele faz parte das homenagens feitas a Norris aqui em Recife pelo comparsa Germano Rabello (aka German Ra), que gravou uma EP intitulada CHUCK NORRIS ON THE HEAVEN'S DOOR. Isso mesmo, o encontro entre Chuck Norris e Bob Dylan. Mais informações no blog de Germano:

http://naoserestrinja.blogspot.com/2010/03/chuckday.html

Videoclipe da versão remix:





RIP

Corey Haim
1971 - 2010

Os dois Coreys

Com Jason Statham, em ADRENALINA 2

segunda-feira, março 08, 2010

Day of the Woman



Dica de filme para NÃO assistir com a patroa no dia de hoje! ;)

A "Academia" esquece, nós não

Patrick McGoohan

Ricardo Montalban

Robert Quarry

Marilyn Chambers

Ed McMahon

Farrah Fawcett

Harry Alan Towers

Willy DeVille

Henry Gibson

Robert Ginty

Edward Woodward

Paul Wendkos

Lorissa McComas

Tony Kendall

Jacinto Molina (aka Paul Naschy)

Gene Barry

Val Avery

Dan O'Bannon

Conto com a colaboração dos leitores se houveram mais perdas de 2009 esquecidas pelo Oscar na caixa de comentários. Obrigado.

sexta-feira, março 05, 2010

EVIL EVER AFTER (2006, EUA)


Difícil imaginar algo parecido hoje no cinema independente americano. Aqui no Brasil temos o catarinense Petter Baiestorf, mas há tempos eu não via tanta violência ginecológica no mesmo filme. A dose de EVIL EVER AFTER atingiu um nível bem acima da média, com direito até um dos personagens ter o seu pênis arrancado e comido! Brad Paulson dirigiu um filme que não economiza em mau gosto.

A produção começa com ninguém menos que Joe Estevez narrando a história do jovem Bernie Grisso (Ron Swallow), que leva uma vida sem complicações e tem pais que o amam. Tudo muda quando ele volta mais cedo da escola e vai ao porão da sua casa... para ver os pais devorando um cadáver humano. Bernie acaba virando canibal junto com seu pai e mãe, uma de suas vítimas é um bêbado que morre com a garrafa de birita perfurada no próprio peito. As coisas caminham na maior tranquilidade até o dia em que os pais do garoto são mortos por um policial corrupto (Ford Austin, fã declarado de BAD LIEUTENANT) que encobre os crimes da família, mas o deixa vivo. Anos depois, já adulto e curado do vício, Bernie (agora interpretado por Randal Malone, figuraça) é vítima de Ashley (Heidi Martinuzzi, também produtora executiva), a piranha do bairro que o faz ser extremamente humilhado, estuprado e deixado para morrer. Mas ele sobrevive e a contagem de corpos tem início.


EVIL EVER AFTER é uma produção de Chris Watson, que vem colaborando para o cenário independente americano desde 2003, com ZOMBIEGEDDON, onde reuniu figuras ilustres do cinema B e de terror. Watson também tem colaboração no roteiro, que coloca a maior parte do elenco em situações que muitos atores se sentiriam ofendidos ao serem filmados. Não é livre de falhas, claro. A duração se alonga mais do que o necessário, perdendo um bom tempo com cenas e diálogos de personagens que tem "carniça" escrito na testa. Não se assiste a um título como esses por desenvolvimento de personagem, mas quando o bicho pega, o longa não desaponta.


Assumidamente barato e grosseiro do início ao fim, esse é o tipo de filme que o grande crítico 'drive-in' Joe Bob Briggs escreveria sobre, se não fizesse parte do elenco que ainda conta com outros habitantes do universo B e 'micro-budget' americano: Brinke Stevens (aqui uma anti-MILF) e Mighty Mike Murga. Há participações de Julie e Lizzy Strain, Felissa Rose, Jeff Leroy e duas figuras com quem já troquei idéias: Eric Spudic e Chris Mackey. Para a minha alegria, os dois morrem no filme. Mackey faz o bêbado que citei no segundo parágrafo. Lloyd Kaufman gravou uma participação que acabou cortada na ilha de edição, seu personagem era outro que aparecia somente para morrer.



Ao ser livre e sem qualquer tipo de amarras, EVIL EVER AFTER cumpre a missão de recriar o clima das produções dos anos 70 e 80 que o inspiraram, inclusive na trilha sonora, atuações exageradas e a morte de um garoto 'on-screen' que lembra ASSALTO A 13a. DP. Mas ao contrário do filme de Carpenter, o moleque não tinha nada de inocente e (pasmem!) ainda era cadeirante. É essa postura "quanto pior, melhor" e o extermínio de praticamente todo o elenco que garantem a maior parte da curtição.

O que está rolando com o pessoal...


Chris Watson realizou DEAD IN LOVE, uma comédia dramática que vem recebendo elogios. Confesso que o meu maior interesse se deve a participação do grande Richard Norton no filme. Sei que ele não deve chutar a bunda de ninguém, mas o sujeito é um dos heróis de minha adolescência e estou ansioso para vê-lo em algo novo.

Watson e Ford Austin se reuniram novamente para fazer um filme que deve ser ainda mais demente: DAHMER VS. GACY. A produção continua percorrendo vários festivais nos Estados Unidos, segue o trailer:


Brad Paulson faz parte do blog Dead Harvey e Chris Mackey se dedica ao GUESTAR, ambos dedicados a produções independentes. Antes de EVIL EVER AFTER, Paulson chamou atenção com a antologia THE VAN e o roteiro de THE BLOOD STAINED BRIDE. Já Mackey gostou tanto de um filme chamado MINDS OF TERROR que adquiriu os direitos para distribuição própria. Ele sabe do que faz, tem um comentário de minha pessoa no IMDB quando o assisti. O longa de Mark Adams tem uma história das mais curiosas e será assunto de um artigo que já começou a ser escrito para o Boca do Inferno.

Heidi Martinuzzi é editora e dona do Pretty Scary e está em pós-produção com o documentário BRIDES OF HORROR, sobre as esposas de realizadores do cinema de terror.

Eric Spudic é ator e roteirista, mas o vício dele por filmes B foi tão grande que ele montou uma loja inteira de VHS e DVD's raros. Confira abaixo o divertido comercial da Spudic's Movie Empire, prestes a virar 'cult' no YouTube:

segunda-feira, março 01, 2010

Trailer de DETOUR - ROTA 666 (2003)



Já escrevi rapidamente sobre esse divertido filme em 2007. Mas segue a minha dica para o texto do Felipe M. Guerra no Boca do Inferno, clique aqui para ler. Não deixe de prestigiar também o Boca Tube, blog que vem reunindo diversos vídeos do YouTube e afins ligados aos gêneros que o site cobre. Ele já contou com modestas colaborações de minha parte. ;)

E como o assunto é divulgação, aproveito também para informar que Takeo Maruyama voltou com o Asian Fury e que duas figuras que vem postado em vários blogs (menos o meu, mas tudo bem hauhaua), também tem blogs, o Blob com Blog do Blob e "Demofilo Fidano" com o Olhar Gratuito. Pode conferir os dois sem receio que tem muita coisa boa postada neles.