sexta-feira, agosto 22, 2008

À PROCURA DE VINGANÇA (Seraphim Falls, 2006, EUA)

Se eu fosse escolher um gênero de filme para ver numa tela de cinema pelo resto de minha vida, seria o faroeste. Não posso dizer que me decepcionei muito com algum filme do gênero até hoje. É claro que alguns títulos são fracos em comparação aos clássicos de gente como Leone, Ford, Corbucci, Sollima, Sturges (já parei... hehe) ou apenas pura diversão para matar 1h30 do nosso tempo como os cômicos que tiveram o seu ápice com os filmes de Terence Hill e Bud Spencer. Escrevo isso porque esperei para ver À PROCURA DE VINGANÇA no cinema, o que não aconteceu pelo fato dele ter sido lançado direto em DVD neste mês de agosto. E olha que eu podia muito bem tê-lo baixado e assistido desde o ano passado já que o DVD de "extras" tem menu animado e seleção de cenas. Depois as distribuidoras, revendas e os donos de locadoras reclamam da situação. Meus amigos, assim não dá. É também, no mínimo, muito decepcionante ver um filme como esses perdendo espaço para ESPARTALHÕES e coisas do tipo.

Basicamente, o que temos em SERAPHIM FALLS é Pierce Brosnan sendo perseguido sem dó por Liam Neeson e os quatro mercenários que o acompanham, dois deles são interpretados por ninguém menos que os grandes Michael Wincott e Ed Lauter. O motivo da perseguição virá através de rápidos flashbacks durante o filme, mas confesso que é um pouco difícil ficar cobrando essa explicação tamanha a intensidade vinda das atuações e da muito boa direção de Von Acken, também co-roteirista. Alguns poderão achá-lo lento e reclamar de seu simbolismo, presente no próprio título (o original) por toda a narrativa, embora mais evidente próximo de seu final com a aparição de dois outros personagens vividos por Wes Studi e Anjelica Huston. Resumindo tudo, um puta filme de tirar o fôlego com Neeson e Brosnan em grande forma e uma belíssima fotografia. Me peguei lembrando de outro grande duelo de atores enquanto o assistia, também um faroeste de se tirar o chapéu, PERSEGUIÇÃO MORTAL onde Lee Marvin e cia. partiam sem dó atrás de Charles Bronson em cenários lindamente fotografados. Neste filme de Peter Hunt, Ed Lauter faz parte do time de Marvin. Mera coincidência? Duvido muito.

Editado em 24/08/2008

Nenhum comentário: