quarta-feira, agosto 15, 2007

OS PODERES DA MÁFIA (Un Uomo in Ginocchio, 1978, ITA)


É de ficar injuriado quando terminamos de assistir a um belíssimo exemplo de cinema como OS PODERES DA MÁFIA e saber que ele continua terrivelmente obscuro. Lançado nos primórdios da VHS pela extinta PoleVídeo (a mesma de TERRITÓRIO INIMIGO!), essa obra-prima perdida de Damiano Damiani retrata o universo da máfia italiana com um realismo incomparável a nenhum outro filme assistido por mim que veio da Itália.

Como bem falou o único comentarista dele no IMDB, Palermo realmente parece péssima. E é nesse cenário cruel que conhecemos o nosso protagonista, Nino Peralta. Vivido com carisma e intensidade por Giuliano Gemma naquela que deve ser a melhor atuação de toda a sua carreira, Nino é um homem batalhador e humilde que tem a sua vida revirada ao avesso. Ele toma conhecimento através do bom amigo Colicchia (Tano Cimarosa) de que o seu nome está numa lista de pessoas a serem executadas por uma das gangues de Palermo. Também é Colicchia que passa a desconfiar das intenções de um homem chamado Antonio Platamonte (Michele Placido) desde que o vê pela primeira vez. Nino entra em desespero, pois ele não tem idéia do que fez para merecer isso, logo ele que trabalha arduamente todo dia para cuidar direito de um dos seus filhos que está doente. Platamonte acaba entrando em contato o pobre sujeito e é a partir daí que o filme realmente começa.


É através de Nino que Damiani faz o seu relato cívico e social a respeito dos problemas que afetam a vida dos que convivem diariamente com o peso do mundo do crime nas suas costas, mesmo que elas sejam trabalhadores inocentes. As excelentes atuações de todo o elenco que ainda tem Eleonora Giorgi, Ettore Manni e Nello Pazzafini fazem com que o filme seja ainda mais realista e chame a nossa atenção para o que ele quer nos dizer. OS PODERES DA MÁFIA é daqueles raros filmes feitos pela necessidade que o seu autor sente em transmitir a dor que está sentindo ao ver o que ocorre no mundo. A trilha sonora de Franco Mannino tem uma música-tema viciante que dá até vontade de sair por aí assoviando ela.

O filme é uma verdadeira preciosidade e levei um bom tempo para achar uma VHS dela num sebo por um preçinho dos mais camaradas pro meu bolso. Se você achar alguma perdida por aí ou uma cópia do filme feita em DVD-R, não pense duas vezes e pegue. Esse filme de Damiano Damiani certamente ficará para sempre em sua memória. Giuliano Gemma trabalharia outra vez com Damiani em A ADVERTÊNCIA, onde contracena com o veteraníssimo Martin Balsam.

PS: 1 - Se bem me lembro, o Otávio Pereira tem uma cópia à venda na sua lista promocional de títulos em DVD e DivX que pode ser pedida através do http://www.cineitalia.net/

2 - É o que dá querer dizer algo, escrever isso e não revisar direito. Quem leu o texto até o presente momento em que escrevo essas linhas deve ter estranhado comigo dizendo que Damiano Damiani estava descontando no mundo com OS PODERES DA MÁFIA. Ao incluir poucas palavras nela, essa frase agora tem o significado que eu queria que ela tivesse. Ufa!

Editado em 16/08/07 às 22:57

Um comentário:

Mônica Frank disse...

Teu texto sobre o filme é excelente e me deixou bastante curiosa. Levei algum tempo para conseguir uma cópia dvd-r mas valeu a pena esperar. O filme é excelente assim como Advertência, também de Damiani, que eu já tenho.
Obrigada pela boa dica.
Mônica