sexta-feira, outubro 20, 2006

DVD'S de Terror e Suspense


ESCURIDÃO (The Dark, 2005) - Esse filme dividiu opiniões quando foi lançado nos cinemas em meados de janeiro / fevereiro deste ano. ESCURIDÃO é dirigido pelo John Fawcett do elogiado POSSUÍDA. A produção tem o País de Gales como cenário (o que ajudou na atmosfera) e Maria Bello e Sean Bean como protagonistas. A falta de originalidade não o ajuda muito, pois ele dá uma chupinhada legal no cinema de terror asiático. Até nos remakes, tem uma cena de suicídio que apresenta um enquadramento praticamente idêntico ao que aparece no vídeo macabro de O CHAMADO. Eu gosto da Maria Bello, mas outro porém do filme é que nem a trama principal e nem a sua personagem me envolveram o bastante. Deve haver algo errado em qualquer história onde você não consegue se importar muito com uma mãe cuja filha desaparece subitamente. Talvez o reveja ano que vem.


CRY_WOLF - O JOGO DA MENTIRA (Cry_Wolf, 2005) - Antes de me concentrar nos lançamentos DTV (direct-to-video), falo deste terror "teen" que tinha tudo para ser muito ruim. Vamos em partes. Elenco adolescente recheado de "baby-faces", censura PG-13 nos Estados Unidos, participação de Jon Bon Jovi. Horripilante, não é? Acabei o encarando numa tentativa de matar um tempinho no último feriadão e não é que ele funciona bem como rápido passatempo? Lógico que esse filminho com uma trama até previsível não é grande coisa, mas pelo menos é assistível, diferentemente daqueles "EU SEI ONDE VOCÊ DEU UMA CAGADA NO VERÃO PASSADO" etc e etc. Uma coisa bacana é que ele custou apenas 1 milhão de dólares e fez um relativo sucesso internacional. O curta MANUAL LABOR, do mesmo diretor Jeff Wadlow, é bem legal e está disponível como extra. Pena que nem o making-off e nem o elogiado curta anterior THE TOWER OF BABBLE, com narração de Kevin Spacey, não estejam no disco nacional.


MISTÉRIO NO LAGO (Beneath Still Waters, 2005) - Esculacharam tanto, tanto, tanto esse novo trabalho do Brian Yuzna para a sua Fantastic Factory que quando acabei de assistir achei qualidades nele. O elenco é bem fraco e os seus sotaques acabam até divertidos (a maioria dos atores são espanhóis, incluindo a sumida Diana Peñalver, de FOME ANIMAL, num papel pequeno), só que o filme tem uns pequenos momentos isolados que o colocam um pouquinho acima da média dos filmecos de terror padrão que infestam as locadoras. É aquilo... tinha 90 minutos livres e esse MISTÉRIO NO LAGO que o povo esculhambava tava dando sopa na prateleira, resolvi assistir e achei razoável. Yuzna é capaz de fazer melhor (vide o ótimo SOCIETY e o divertidíssimo O DENTISTA), mas as distribuidoras ainda lançam e continuam lançando filmes bem piores do que este. Gostei de algumas mortes, como a de um dos dois garotinhos do início do filme que tem o seu crânio aberto pelas mãos do vilão canastra na sua boca.


MONSTER MAN (Idem, 2003) - Se você curte filmes de terror em geral e uma boa comédia besteirol, pegue esse daqui sem qualquer preocupação. Dirigido e roteirizado por Michael Davis, o filme é perfeito para uma descompromissada sessão de domingo à tarde e agrada bastante como passatempo. A trama de MONSTER MAN é uma mistureba de OLHOS FAMINTOS + ENCURRALADO + MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA e os seus protagonistas aquela típica dupla de marmanjos que só pensam em sexo. O filme brinca com vários clichês do gênero, mas não deixa de roubar a nossa atenção toda vez que a troncha figura do título pode aparecer com a sua caranga. A diversão está garantida e, mesmo demorando para aparecer, o gore também é bacana. Recomendado. Dos visitantes que postam aqui regularmente, acredito que Bruno C. Martino, Fernando Vasconcelos e Luiz Alexandre irão curtir muito o filme.

O mais legal é que assisti a todos em companhia de membros da minha família, o último foi com o meu irmão Anderson e o restante com o meu grande parceiro de sessões caseiras, o meu pai Osvaldão, que também viu ABISMO DO MEDO e outros filminhos leves comigo hehe.

Nenhum comentário: